Notícias

Meio Ambiente: APS reforça compromisso ambiental nas Unidades de Saúde

São Paulo - 6/6/2017

Desde 2009, a APS Santa Marcelina, por meio das equipes de saúde, mobiliza a comunidade para ações ambientais e compromisso com o mesmo.

Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, conta com as equipes do Programa de Ambientes Verdes Saudáveis (PAVS) e implementa sua própria Política Socioambiental afim de orientar as ações e trabalho de suas equipes que atuam nas Unidades de Saúde, visando reduzir o impacto ambiental de suas atividades e promover ações que considerem o meio ambiente como um dos condicionantes e/ou determinante de saúde da sua população.

Além de uma área de Saúde e Meio Ambiente, criada para trabalhar as questões ambientais da Instituição, foi criado um Selo Socioambiental Santa Marcelina para organizar e coordenar as ações realizadas nos serviços da APS. O selo é um sistema de Certificação Interna que valoriza as boas práticas socioambientais e orienta gestores de cada Unidade no que fazer para fortalecer o compromisso da APS Santa Marcelina com o Meio Ambiente.

O sistema de certificação é composto por 05 selos socioambientais, que são anexados em uma placa fixa na recepção de cada Unidade e de acordo com as fases do programa os selos são anexados, fazendo alusão ao crescimento de uma árvore. De acordo com a equipe de Saúde e Meio Ambiente, para conquistar cada selo, a Unidade deve atender a um conjunto de critérios certificáveis que vão desde questões que envolvem pequenas mudanças de comportamento como a abolição do uso de copos descartáveis pelos colaboradores, ao cumprimento de exigências legais como a elaboração e implementação do Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde da Unidade.

Em expansão para as demais obras do instituto das Irmãs de Santa Marcelina (cultura, Educação, Assistência Social e Religiosas), o sistema é reconhecido pelo Prêmio Amigo do Meio Ambiente, uma iniciativa do governo do estado que tem como objetivo de estimular iniciativas sustentáveis no âmbito do SUS em todo o pais e de acordo com a equipe de saúde e meio. Além desse reconhecimento a equipe destaca o exemplo do sistema para outras Instituições “Estamos inspirando outras Organizações Sociais de Saúde e até mesmo Secretarias Municipais de Saúde como a de São Paulo e de Guarulhos que vêm construindo programas e premiações semelhantes”, destaca Jefferson Rodrigues.

Para o Coordenador de Saúde e Meio Ambiente da APS Santa Marcelina, Paulo Valverde, o trabalho de gestão ambiental e promoção da saúde ambiental realizado nas Unidades gerenciadas pela APS Santa Marcelina está ganhando força com o compromisso dos colaboradores no entendimento e assimilação da Missão e Valores Institucionais.

“Ao incorporar a política institucional de meio ambiente aos seus processos de trabalho, o colaborador contribui na economia dos recursos naturais, propõe estratégias para mobilizar a comunidade e evitar o impacto negativo do ambiente degradado onde vivemos, ele leva essas questões também para casa e seus círculos familiares e sociais. Isso potencializa as ações e faz com que todo colaborador Santa Marcelina seja um agente de mudança para um ambiente mais equilibrado e saudável.”, reforça Valverde.

A Política de Saúde e Meio Ambiente Santa Marcelina também segue as orientações da encíclica “Laudato Si”, escrita e lançada pelo Papa Francisco em 2015 para orientar toda sociedade para os cuidados com o Planeta, o qual ele corresponsabiliza cada cidadão, especialmente os cristão, a proteção, respeito e preservação pela “Casa Comum”.

E para fortalecer o tema, entre os dias 05 e 09 de junho, a APS Santa Marcelina irá disponibilizar uma série de ações realizadas pelas nossas Unidades mostrando ações inspiradoras para o cuidado como Meio ambiente realizadas durante todo o ano.

Confira algumas das ações realizadas nas Unidades e seus territórios.

Fonte: Comunicação APS


Galeria de Fotos: clique na imagem para ampliar


|